Notícias e Comentários do Dia

Mais acordos descumpridos – mais uma vez o governo de Cabo Frio descumpre acordo firmado com servidores. Na reunião de segunda, dia 13, com representantes do SEPE Lagos, o governo fechou acordo de que pagaria a diferença da isonomia dos professores que foram contratados de abril a julho de 2017 nos dias 15/03 e 15/04. No entanto, ontem o governo convocou uma reunião com o sindicato dos professores para dizer que não havia condições de cumprir o prometido por questões técnicas. Está pegando muito mal e reduzindo cada vez mais a credibilidade do governo perante a categoria. Os profissionais esperam não tomar mais calotes. O pagamento ficou prometido pra semana que vem.

Entenda o caso – Uma das promessas de campanha do prefeito Marquinho Mendes foi de que equipararia os salários dos professores contratados aos dos professores concursados (a diferença chega a ser quase metade de um pra outro) No início do letivo de 2017, houve uma contratação de 3 meses. No edital de convocacão do processo seletivo e nos contratos, de fato, os valores foram equiparados. Entretanto, no momento do pagamento a prefeitura pagou o valor antigo. Em reunião posterior, o prefeito alegou que não havia condições de pagar naquele momento, mas que pagaria a diferença no mês de agosto de 2017. Na contratação posterior, de agosto a dezembro, os vencimentos voltaram a ser diferentes para contratados e concursados. O ano terminou e os profissionais não viram a cor do dinheiro dessa diferença. Agora, mais uma vez a prefeitura descumpre o acordado. Lembrando que esse foi um dos itens do acordo para que a greve no setor chegasse ao fim.

Caso Marielle Franco – Chocou o Brasil e o mundo o caso da vereadora Marielle Franco, morta a tiros em seu carro juntamente com o seu motorista. O caso repercutiu internacionalmente e grupos do parlamento europeu pediram a suspensão das negociações com o Mercosul por conta do ocorrido. “Pedimos para a Comissão uma suspensão imediata das negociações com o Mercosul até que haja o fim da violência e intimidação contra a oposição política e defensores de direitos humanos”, declaram os partidos da aliança de esquerda. O Brasil passa vexame mundial por não conseguir sanar seus problemas mais elementares.

Caso Marielle Franco 2 – Tão chocante quanto o assassinato da vereadora é o posicionamento de uma parcela da sociedade que chegou a “comemorar” a morte da vereadora por ela ser defensora dos direitos humanos e, em tese, “defensora de bandidos”. Eu não consigo encontrar adjetivos para descrever isso.

Brasil, um país de “cidadãos de bem”- Não há nada mais patético no Brasil do que o mítico e heróico “cidadão de bem”, o arauto e representante da pureza divina, título que muitos reivindicam para si. Esse é o tipo de pessoa que enche a boca de ódio pra dizer que “bandido bom é bandido morto”, “direitos humanos pra humanos direitos”, ou que os defensores dos direitos humanos defendem bandidos. Muita gente minimizou (e até comemorou a morte de Marielle) sob a alegação dela “defender a bandidagem”. Não percebem esses cândidos cidadãos como que seus próprios ódios diários perpetuam a violência que eles veem nas ruas e na TV todos os dias. Cidadão de bem é cidadão educado e instruído, que busca entender a complexidade dos conflitos sociais e é capaz de propor soluções para os problemas sociais crônicos através de ações e políticas públicas sistemáticas, almejando uma sociedade mais justa e igualitária.

O verdadeiro cidadão de bem não reduz todos os problemas do país à atuação de um partido político ou de defensores de uma determinada ideologia. Cidadão de bem não deseja, muito menos comemora ou minimiza a morte ou o sofrimento de quem quer que seja, não importando se é um adolescente da favela, ou um traficante, ou um policial morto em confronto, ou um usuário de drogas. Somos uma sociedade, e nossas mazelas dizem respeito a todos. O foco deve ser na solução das questões que assolam a coletividade. O cidadão de bem se instrui, se aprofunda na visão das coisas, participa dos rumos da sua comunidade / sociedade com um mínimo de conhecimento e a partir daí propõe solucões e gera mudanças pautadas na justiça, na legalidade e no senso de igualdade. O cidadão de bem não cria alvos humanos para destilar um ódio que ele precisa resolver em seu próprio íntimo. O cidadão de bem não deseja nem comemora a eliminação de pessoa alguma; ele deseja e comemora a erradicação das mazelas que geram pobreza, desigualdes e violência, e que tornam as pessoas infelizes e oprimidas. O cidadão de bem não deseja que o criminoso vá para a cadeia “sofrer” e “pagar” pelo que fez, de forma desmedida e desumana, ficando numa cela superlotada e em condições desumanas. O cidadão de bem deseja uma sociedade onde todos tenham acesso a serviços de qualidade, oportunidades e garantias básicas de dignidade para cada um, independente de quem seja, e mesmo que alguém tenha que ir para a prisão, pensa que lá não deve ser um lugar de sofrimento, um inferno na terra onde a sociedade se vinga de um infrator, mas um lugar onde o infrator possa se ressocializar e se ajustar, aprender uma profissão, estudar e sair de lá com oportunidade e pronto pra viver em harmonia com a sociedade. O cidadão de bem aprendeu a diferença entre justiça e vingança.

Há muito bárbaro mascarado de cidadão de bem – falamos um pouco do verdadeiro cidadão de bem, mas como agiria um bárbaro? Os bárbabos travestidos de cidadãos de bem se acham os modelos de cidadãos. Só eles, seus familiares, amigos e simpatizantes de suas ideias rasas merecem ser felizes. Do outro lado do muro, há um povo incivilizado e demoníaco que seria melhor nem existir. Acham que o Estado precisa tomar soluções rápidas contra esses “abjetos”. Se alguém roubou, pra que lei e justiça? É bala na cabeça… O policial pediu pra parar e não parou? Bala no suspeito. Trombadinha de 14 anos na rua? Chama a polícia, joga o moleque na caçamba, leva pro mato e mata, mas tortura um pouquinho antes e filma e põe no youtube, pois o bárbaro tem prazer em ver sangue jorrando. É a justiça de um Deus arcaico sendo feita… Para o bárbaro brasileiro, a violência e a maldade está só no outro. Quando o outro deixar de ser violento, mesmo que seja no pau e tiro, estaremos no paraíso. O ódio do bárbaro, o desejo ardente de ver o sangue e a morte da escória que ele sonha não ver mais é um “desejo bom por justiça” uma “violência boa” para acabar com a “violência do mal”. E com tanta gente desejando violência, mesmo que seja com pretensa desculpa de “solucionar” a própria violência, esse estado caótico de violência coletiva se perpetua, pois numa visão curta, opta-se por combater os sintomas sem sequer investigar as causas. Opta-se por erradicar a violência na base da “porrada”, do tiro, da repressão, ignorando a pobreza as desigualdades, e os fatores que as gera. E se morrer quem é defensor dos “direitos dos manos”, bem feito… Não defendia bandido? É nisso que dá defender favelado que a gente quer ver no chão furado de bala. Justiça divina que foi feita. E assim caminha o Brasil e seus “cidadãos de bem”, escolhidos de Deus para instaurar um mundo melhor.

Homenagem a Marielle – Amanhã, o PSOL Cabo Frio realizará uma roda de conversa com o deputado federal Glauber Braga, às 10:00h, no Horto Municipal. Às 11:00h, será feita uma homenagem à vereadora.

A melhor homenagem – A melhor homenagem que podemos fazer a quem luta por igualdade e justiça é continuar lutando por igualdade e justiça.

Grande abraço a todos. Até mais!

Anúncios

Autor: Alex Vieira

Sou cabofriense, professor da rede pública formado em Letras, curioso, reflexivo e não recuso um bom papo e uma boa e saudável troca de ideias. Meu objetivo é fazer desse espaço um instrumento útil para mim e para as pessoas que irão acompanhá-lo e interagir com ele; uma ferramenta de crescimento mútuo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s